Empreendendo com o coração: moda e casamento

Em um mundo imensamente consumista onde os excessos definem as pessoas o comportamento diferenciado se destaca. E, acredite, não estamos falando do dia a dia e sim de uma velha tradição praticada há séculos: as cerimônias de casamento.

Você sabe bem que estamos falando de cerimônias nababescas, regadas a bebidas caras, toques de trombetas, cavalos brancos, vestidos criados por designers singulares e comidas que sequer sabem pronunciar os nomes. Mas, além disso, é comum os valores serem multiplicados por mil quando a palavra casamento é pronunciada. Uma ida ao salão semanalmente custa uma moeda, quando a palavra mágica é citada, o valor muda para mil moedas. Pode parecer assustador, mas faça o teste!

Bem, partindo deste pressuposto notório, encontramos aqueles que percebem que tal tradição precisa ser muito mais ser feita com amor do que com o bolso. E, muitos perdem fatias no mercado por conta disso. Por outro lado, alguns, aqueles que se dedicam com o coração, crescem a cada dia, como é o caso do trio “O Amor é Simples”, composto por três amigas gaúchas: Laís, Natália e Janaína.

A empresa cresceu e ganhou seu espaço no mercado e, já foi destaque em diversos sites conceituados (veja mais aqui) e hoje é destaque no e-commerce. Para saber mais sobre o projeto, conversei com a Natália, que falou sobre sua experiência...



MNP:  Como surgiu o projeto?

Natália: A ideia nasceu em janeiro de 2014 quando eu fui pedida em casamento e, como nunca me imaginei usando vestidos volumosos e tradicionais, pesquisei no Google por ‘vestidos de noiva simples’ e não achei nenhum resultado inspirador ou consistente. Fiquei meio desesperada me imaginando ter que ir em lojas tradicionais quando, em um jantar com a Laís, que é minha amiga e colega de faculdade, perguntei sobre o casamento dela. Ela casou em uma cerimônia supersimples, feita a várias mãos e teve um grande problema com o vestido. Ela contou novamente a novela que foi seu vestido e a gente brincou no dia que, “se algo não está no Google, ta aí uma boa oportunidade de criar”. Uns dias depois, encontramos a Janaína (amiga de infância da Laís e minha amiga por convívio e afinidade) e comentamos sobre a ideia e ela se empolgou. Nós três tínhamos uma grande afinidade profissional, mas sermos sócias não era um plano concreto, mas aconteceu.

Uns dias depois, a Laís fez uma busca no Google Trends por alguns termos relacionados e o termo ‘vestido de noiva simples’ apresentava um grande volume de buscas e uma crescente de interesse do público. Era uma das respostas fundamentais para termos certeza que de existia uma lacuna de mercado: de pessoas que querem casar de formas não tradicionais: seja em casa, sítio, praia, salão, igreja; que querem usar vestidos com modelagens mais simplificadas e não são atendidas e, muitas vezes, entendidas pelo mercado.

Pesquisando e conversando com mais noivas, ficou claro quanto a esta necessidade que ninguém estava atendendo e decidimos arriscar e colocar no mundo nosso sonho de empreender. Começamos com pouco dinheiro e uma coleção super simples. E aí não paramos mais!

MNP: Há uma conexão com o Minimalismo?

Natália: Acreditamos que há de diversas formas! Primeiro no design dos vestidos, que fogem totalmente do que o mercado tem como padrão. Nossos vestidos são mais leves e fluidos, criados para a noiva se sentir confortável sem perder a beleza e o movimento. Para que ela aproveite a cerimônia inteira! Mas também nosso propósito e filosofia carregam um pouco disso. Desapego ao que o mercado impõe como tradicional e às coisas mais complexas, já que vivemos em uma era em que estamos buscando uma reconexão mais profunda. A gente defende que a noiva case da forma que ela quiser, com o dinheiro que tiver. O mais importante é celebrar o encontro e o amor. O casamento não precisa ser entendido como um processo ou fase da vida onde precisamos despender uma grande quantia de dinheiro para isso se realizar.

MNP: De onde veio a inspiração para a criação dos modelos?

Natália: A inspiração vem da vida real, dos feedbacks das noivas – essa última coleção foi totalmente colaborativa, criada através de uma pesquisa com noivas; e dos tipos de celebração não ‘tradicionais’. Criamos vestidos que sejam perfeitos para casamentos na praia, em restaurantes bistrôs, cerimônias em casa, de dia, miniweddings...


MNP: Como é empreender em um mercado tão superlativo como o dos casamentos?

Natália: Queremos revolucionar a indústria de casamentos um vestido de noiva por vez. Queremos mostrar que casamento é uma celebração e não um puro e simples negócio; empoderando as noivas a casarem da forma que quiserem. O Amor é Simples vai contra muita coisa que a indústria impõe e isso nos dá tesão para ‘tocar o terror’ e fazer tudo diferente, do nosso jeito, com as nossas regras – sem esquecer de gerar valor e benefício às noivas.

MNP: Como é a rotina de trabalho da empresa?

Natália: Bastante intensa, já que temos várias frentes de atuação e uma equipe enxutíssima: atendimento às noivas, conteúdo, marketing, comercial, produto e coleções, customizações, parceiros de acessórios e decoração, tecnologia, performance, logística. Temos duas sócias full time e duas meio período e todo mundo dá todo o tempo disponível para cuidar da empresa. De fazer caixas, bilhetes à mão a estratégias de negócios. Muita coisa acontece ao longo de um dia e aprendemos a ser muito multitarefas, um dos grandes aprendizados quando se empreende.

MNP: Vocês conseguem mesclar a qualidade de vida e o trabalho empenhado?

Natália: Na maior parte do tempo sim, porque é necessário equilibrar estilo de vida. Todas as sócias já passaram por intensos momentos de sobrecarga e isso prejudica muito a vida pessoal e profissional a longo prazo. Hoje nos permitimos momentos de leveza para recarregar; já que faz parte da nossa cultura trabalhar colocando amor no que se faz.



MNP: Vale a pena empreender com o coração?

Natália: Quando a gente empreende com o coração, principalmente nessa realidade mais conectada, há um potencial grande de viralizar. A gente trabalha com verdade, com propósito, e nossas histórias já impactaram milhares de pessoas a um custo zero. Esse reconhecimento e carinho da audiência não tem preço e nos dá força e motivação para continuar. Ouvir de diversas noivas que elas nunca entraram em uma loja tradicional porque tinha que ser com O Amor é Simples é fantástico. Mas, sempre deixamos claro que não existe glamour. É um cenário complexo, desafiador e exige muita resiliência. Nós aprendemos a ficar confortáveis fora da zona de conforto, a não desanimar quando o resultado é aquém do esperado e a sermos criativas na busca de novas soluções.


Obrigada, Natália! Vocês são incríveis! Parabéns!!!

Viram só que maravilhoso? Acabei percebendo que é possível sim mesclar o mercado profissional e o coração e, mais ainda, é possível, como minimalistas, encontrar escolhas que para nós fazem a diferença. O que realmente em uma cerimônia de casamento é a cerimônia, a união das famílias, a energia positiva, a alegria, os sonhos. 

E você, conseguiu se inspirar de alguma forma, certo? Tenho certeza que sim!

Fotos por Fredy Vieira/Jornal do Comércio

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mude alguns hábitos para ser minimalista

Um desabafo sobre os excessos

A história do Minimalismo