Detox da mente

Tenho pensado nessa onda de desintoxicação do corpo, sucos, massagens, programas nas academias e tudo mais. Mas como seria uma desintoxicação da sua mente? Já parou para pensar que ela pode estar suja, poluída e precisando urgentemente de uma limpeza?


Eu costumo programar dentro das minhas férias alguns dias para fazer coisas que me agradam totalmente, e isso ajuda. Eu, por exemplo, faço um roteiro cultural para ir sozinha. Gosto de fazer comigo mesma porque posso seguir o meu tempo. Cinema, museus seja lá o que for. Vou comigo mesma e dessa forma tenho minha atenção voltada apenas para o que eu preciso e, principalmente, o que eu quero. Escolho o que mais me agrada, restaurantes, roupas, lugares, companhia. É um dia de escolhas minhas e ninguém pode palpitar. Você tem ideia de como isso faz bem?

Programe-se
Marque na agenda, assim como marca dentista, massagem e happy hour com os amigos. Anote um dia, hora de início e fim. Faça um inventário do que irá precisar.

Tenha cautela
Não adianta se programar ferozmente e se entupir de coisas para fazer. Faça pausas e tenha seja realista das coisas que tem necessidade de fazer.

Exclua os excessos
Se tem mil coisas para fazer, comece passando um pente fino na lista e entendendo o que realmente precisa ser feito, o que pode ser demandado e o que pode ser remanejado.

Faça uma vez só
Não adianta resmungar de fazer algo que não gosta. Vai ser mal feito, no mínimo. Seja caprichoso, e, se precisar fazer, faça bem feito para não precisar repetir.

Tire de circulação os incômodos
É lindo falar, eu sei, mas já pensou que se livrar deles, um a um, pode ser mais fácil do que parece?

Te faz feliz?
Essa é a prioridade da sua vida. Seja feliz. Faça o possível para que essa meta seja realizada, mas lembre-se de não atropelar ninguém pelo caminho.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Mude alguns hábitos para ser minimalista

Um desabafo sobre os excessos

A história do Minimalismo