O que é Cruelty Free?



Agora, além de ser ecologicamente correto, ser gentil com as pessoas, ser positivo, consumir o necessário a gente ainda precisa saber qual produto não maltrata ou usa animais na sua produção?




...


Silêncio dramático.

...
...

É isso aí, amiguinho!

E é por isso que estou aqui hoje, para falar sobre o selo Cruelty Free, ou seja, "Sem crueldade", que é uma forma atestar que a empresa que possui este rótulo não testa, maltrata ou usa composição animal em sua produção. Isso é fofo e tão delicado que merece um post especial.

Você costuma ler os rótulos dos produtos que consome? Caso sua resposta seja não, sugiro que comece a ler agora. Entenda que os produtos cruelty free, são atestados por não utilizarem substancias animais ou testa os produtos nos bichinhos.

PEA
O PEA é uma oscip brasileira que cuida muito bem de ações voltadas para o bem dos animais e tem uma lista que informa as empresas que não testam seus produtos em animais. Clique aqui para saber quais são.

PETA
Já o PETA faz a mesma coisa porém com marcas internacionais. E só por curiosidade, muitas grandes marcas conhecidas estão por lá. Confesso que fiquei triste em saber de algumas, pois são coisas que consumo. Acesse a lista aqui.

Agora não tem desculpa de não saber sobre o comportamento da produção da sua marca de predileção.

Comentários

  1. Normalmente, entro aqui, leio, gosto e mantenho o meu silêncio, mas hoje posso dizer que estou horrorizada com a lista dos que fazem testes em animais. Eu já sabia que muitas marcas conhecidas faziam e evitava a todo o custo comprar, mas a lista é muito maior do que imaginava.
    Obrigada pela partilha :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Teresa! É assustador de fato. Só precisamos ter cuidado e ficamos atentos a quem nos oferece e produz o que gostamos de usar.

      Excluir
  2. Eu tenho buscado por produtos cruelty free. Conheci a linha Flores e Vegetais e adoro! Tem creme, shampoo e condicionador, protetor solar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal a dica, Bruna! Vou pesquisar!
      =)

      Obrigada!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Mude alguns hábitos para ser minimalista

Um desabafo sobre os excessos

A história do Minimalismo