Vamos economizar nas compras?



Economizar é bom e todo mundo gosta. É claro que alguns seguem a cartilha da mão-de-vaquisse que dá até medo! Mas não, não é disso que vamos falar hoje. A sugestão do post é para que você valorize seu dinheirinho suado e economize nas compras de supermercado. Lápis e papel na mão (sempre quis falar isso):

Compre legumes, frutas e verduras da estação

Isso ajuda muito na economia das compras. Pesquise receitas e saiba o que pode ser feito com esses alimentos. Vale a consulta aqui


Aprenda a congelar corretamente os alimentos e evite o desperdício

Guarde, faça compotas, sorvetes, congele picadinho. O importante é não desperdiçar. 

Compre somente o que for usar

Se precisar volte ao mercado mais de uma vez na semana. Melhor isso do que jogar comida fora!

Estabeleça valores limites de consumo

Sem isso, você pira nas promoções e sai do orçamento. Não saia de casa sem uma lista. Repito: não saia de casa sem lista!

Utilize uma calculadora

Ela ajuda a avaliar quanto sai o metro do papel toalha, por exemplo. Ou ainda se compensa comprar dois pacotes menores ou um maior. A calculadora é sua melhor amiga na hora das compras, acredite!

Vá sozinho

Deixe crianças em casa. E, a não ser que o marido de vocês seja como o meu pai, o ser mais animado em ir ao supermercado que eu conheço depois de mim, deixem-no em casa. Ir sozinha faz com que você tenha a tranquilidade para fazer suas pesquisas, avaliações e compras.

Fique atento à validade dos produtos

Não adianta estar barato, gata! A validade é fundamental e é a garantia de que você irá consumir um produto seguro!

Não se preocupe com horários

Ir correndo, só se for pra pegar um queijinho na emergência. Prefira ir com calma a ir com tempo contato para comprar no impulso.

Converse com os amigos

Troque ideias sobre novas marcas, produtos e funções. Sair do mesmo é uma boa sempre!


Avalie

Pesquise se o que você compra pode ser substituído por outra coisa, outra marca. Não tenha medo de errar...


Boas compras!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mude alguns hábitos para ser minimalista

Um desabafo sobre os excessos

A história do Minimalismo