Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2015

Você tem um plano de vida?

Imagem
Durante a minha terapia da semana me foi perguntado se eu tinha um plano de vida. Depois de fazer dezenas de perguntas para entender onde a terapeuta gostaria de chegar... Gostaria de replicar essa reflexão aqui.


De que forma você programa a sua vida? É do tipo que deixa que as coisas aconteçam ou planeja cada passo dado?
Você possui um objetivo de vida? Qual?
Como se vê em 1, 3 e 5 anos?
Já parou para analisar como está levando a sua vida?
Quando você tinha 10 anos, se via como você é hoje?

Poucas perguntas porém com respostas e direcionamentos infinitos. Que tal pensarmos a respeito?

Para pensar: sobre o cotidiano

Imagem
Um dos objetivos da vida minimalista é que você passe a ter mais tempo para viver as pequenas coisas com mais qualidade e intensidade. Essas tais "coisas" são variáveis para cada um. Mas outras simplórias ideias são mais fáceis de pensar, como por exemplo...

Conhece o caminho que faz para o trabalho de cor? Conseguiria explicar para alguém de fora da cidade com riqueza de detalhes?
Qual o nome do seu vizinho da frente?
Consegue descrever a vista da janela do seu quarto em detalhes?
Sabe o nome de seus colegas de trabalho? Eles têm família? Animais de estimação?
O nome dos vigias da sua rua?

Qual é o seu posicionamento com relação ao próximo? Sugiro repensar sobre seu posicionamento. O básico do relacionamento humano é prestar atenção!





Reduzindo o lixo: 15 dicas de ouro

Imagem
Quem me acompanha pelo blog sabe que uma das minhas metas para 2015 é ser mais ecológica. Produzir menos lixo, consumir menos coisas industrializadas, usar menos água... Com isso passei a pesquisar sobre como eu poderia fazer para reduzir o lixo. Por acaso, a revista Vida Simples de fevereiro trouxe na editoria “Compartilhe” uma historinha da americana Lauren Singer, que há dois anos passou a diminuir o próprio lixo e relatar no seu blog. Para que isso acontecesse, ela tomou algumas atitudes que pretendo fazer daqui em diante:
Avalie quantidade de lixo que você produz realmenteSepare o orgânico do secoRecicleNão compre alimentos embalados, utilize sacos de pano em porções à granel.Aproveite ao máximo os alimentos em receitas práticas Utilize também cascas e sementes de alimentos em receitas Transforme o lixo orgânico em aduboPesquise formas ecológicas de reaproveitamentoLembre-se que plástico é algo tóxico!Utilize sacolas de pano para compras diáriasMantenha uma sacola pequena na sua …

11 mudanças para sua casa ser um local relaxante

Imagem
Geralmente quando chegamos em casa a necessidade é de desligar de um dia repleto de demandas e trabalhos que, muitas vezes, nos esgotam. Quando temos um espaço que consegue nos dar conforto e relaxar ao mesmo tempo, é tudo o que precisamos para recarregar as nossas baterias para recomeçar em seguida. Abaixo, algumas dicas que funcionam comigo.

1.    Livre-se do excesso: já percebeu que locais entulhados dão a sensação de agonia? Se a ideia é o descanso, comece separando o que não te atende mais e doe, venda, empreste sem prazo de devolução. O importante é não deixar aquilo interferir no seu espaço.

2.    Organize: assim como os excessos a desorganização é algo só atrapalha. Além de tudo, o tempo que você vai passar relaxando, vai perder procurando por alguma coisa que deveria estar em algum local óbvio.

3.    Limpe: existe algo mais relaxante do que chegar a uma casa limpa e perfumada?

4.    Mantenha uma rotina: ter uma ordem para organização e limpeza é a chave para o relaxamento. Orga…

O que é Freeganismo?

Imagem
Não sei se vocês conhecem mas existe uma filosofia (estilo) de vida chamada “freeganismo”. Oriundo da mistura de free (grátis) e veganismo , os seguidores deste caminho buscam uma vida longe dos desperdícios, hoje feitos inconsciente e de forma exagerada, como todos sabemos. 
O movimento surgiu no final da década de 1990 e, na internet, em 2003 e, os que adotaram essa linha de vida, trabalham alguns pilares, dos quais, destaco dois:
Reutilização: as coisas precisam ser utilizadas até seu fim. Alimentos, roupas, objetos precisam de uma utilização até que não se tenha mais utilidade de fato. Os americanos são mais radicais e abrem latas de lixo para buscar comida dentro. Já os brasileiros são mais lights e esperam o fim das feiras para o aproveitamento dos alimentos que serão descartados. Apenas como conhecimento, segundo a ONU, cerca de 1,3 bilhão de toneladas de alimentos são desperdiçados em todo o mundo anualmente. Coisa pra caramba! Ocupação de espaços públicos: os ativistas dessa l…