Metas (simples) pessoais: liste-as e cumpra!

Há um certo tempo tem me incomodado o fato de eu querer muitas coisas e não conseguir nenhuma (ou poucas) delas. Ainda estou em busca do mundo minimalista e quero muito simplificar as coisas. Mas as vezes me questiono o quanto de empenho estou colocando neste projeto especificamente. As vezes pesa, em outros momentos é mais fácil sucumbir o consumo e me jogar na onda dos demais. Nesses casos, respiro fundo e tento compensar de alguma forma. Não sou perfeita!
Mas possuo metas pessoais simples, aparentemente de serem cumpridas, mas quero que elas sejam colocadas em prática com uma certa urgência. A pergunta importante é: o que me impede? 
Respondo de pronto: eu mesma. Abaixo uma forma que achei interessante de saber como andam meus objetivos simplórios.


1. parar de tirar cutícula: dizem os especialistas que retirá-las prejudicial às unhas, já que ela é uma barreira natural para as bactérias e os fungos. Fora o tempo que perdemos tentando fazê-las no salão ou em casa. O objetivo é deixar o mais natural possível e me livrar daqueles fiapinhos que sempre incomodam. 
O que estou fazendo para o cumprimento desta meta: fazendo as unhas a cada duas semanas e tentando diminuir para apenas uma vez ao mês. A ideia é que as cutículas sejam hidratadas com frequência durante o período fora do salão.

2. correr na rua: porque correr na esteira parece que você corre infinitamente e passaram-se apenas 20 segundos. Por quê isso acontece? Meu objetivo é trocar a esteira pela rua sempre que possível.
O que estou fazendo para o cumprimento desta meta: usando o tempo livre para correr na rua, mesmo que sejam 20 minutos.

3. usar uma bolsa apenas: essa é a mais difícil pra mim. Quem me conhece sabe do meu carinho por esses acessórios e, confesso, já estive em um consumo surreal de bolsas na vida. Hoje está tudo sob controle, mas quero mais. Quero me contentar com o mínimo possível e usá-las até o fim da vida.
O que estou fazendo para o cumprimento desta meta: já separei minhas bolsas e fiz uma distribuição no trabalho. A ideia agora é conseguir diminuir as que tenho em uso e utilizá-las até que precisem ser substituídas.
 
4. cuidados de beleza em casa: nunca fui de fazer hidratações e mil coisas em salão, mas desde que fiquei quase careca, tive medo de fazer bobagens, e, com isso, passei a cuidar um pouco mais dos cabelos com especialistas. Hoje minha ideia é voltar a fazer essas hidratações quinzenais em casa. O que alivia o bolso e dá mais tempo para que eu fique mais ligada a mim. No salão as coisas são muito estranhas e eufóricas. Você lê uma revista, bate papo com a cabeleireira, conversa com a vizinha de cadeira... O seu tempo voa e perde-se o tempo que deveria dedicar a você apenas.
O que estou fazendo para o cumprimento desta meta: buscando elementos para que isso possa acontecer em casa. Voltei a comprar hidratantes que eu usava antes, passei a fazer as hidratações nos cabelos. Faço também hidratações e esfoliações facial em casa. 

5. dar uma nova chance para a vida que tenho: devo confessar que este tópico é bem delicado. Eu passei por uma fase onde a amargura era parte forte de mim, não gostava da cidade em que vivo, das pessoas que me rodeava, do que eu vestia, comia, fazia... Era tudo melhor olhando pela janela, mas no meu mundo, tsc tsc tsc. Era tudo ruim. Passei a pensar ao contrário. E se a visão da minha janela fosse a ruim e a minha melhor? As coisas mudaram como em um passe de mágicas. Passei a ser mais otimista e menos resmungona. 
O que estou fazendo para o cumprimento desta meta: olhando para a vida com novos olhos. Buscando conhecer mais a cidade onde vivo, ter mais amigos próximos a mim e pessoas que quero me aproximar. Tenho buscado falar mais o que penso, de forma delicada, é claro. Tenho feito caminhos que gosto, escolhido novos sabores, novas companhias e principalmente, dado ouvidos ao que eu quero, em primeiro lugar. Alguns entenderão isso como egoísmo, mas confesso que nem ligo. Eu, pela primeira vez em muito tempo, me dou valor. E isso não tem dinheiro que pague... 

E você, caro leitor, o que como metas simples pessoais e, o que tem feito para alcançá-las?

Comentários

  1. Graziella, muito legal o seu relato! Em relação as unhas, parei de fazer no salão. Sou muito estabanada e as unhas mal duravam. Uso esmalte de vez em quando e agora to curtindo muito ficar sem nada. mas com esse tempo bandido, a cuticula vira puro ressecamento. Me indicaram aquela cera da granado, que dizer ser ótima pra manter a pele hidratada. Confesso que sou meio relapsa nesse sentido, preciso melhorar.

    Cabelo eu faço tudo em casa, só vou no salão cortar! Não costumo secar nem usar chapinha. Bolsas só to usando uma, mas tenho outra opção apenas, que uso muito pouco e to pensando seriamente em vender. Sou mais a louca das botas! Rs...

    ResponderExcluir
  2. Pois é Bruna, ainda tenho muito que aprender, mas estou no caminho!
    Vou fazendo as coisas da forma mais simples possível. Por quê mesmo que a gente complica? Quanto as bolsas foi um longo caminho, mas eu sei que falta pouco, bem pouco! Mas eu chego lá!!!!
    Obrigada pela visita, volte sempre!

    =*

    ResponderExcluir
  3. Gostei das atitudes que você decidiu tomar para alcançar seus objetivos! :)
    Frequento o salão somente 1 vez a cada 2 meses, oportunidade que tenho para arrumar as unhas e os cabelos (alisamento).
    Estou devendo e muito no quesito cuidar do corpo - e inclusive querendo comprar uma esteira - pela praticidade que a mesma oferece e medo de assalto ... ;/
    Sobre outras questões, sempre que possível faço arrumações principalmente no meu quarto e com destaque para o guarda roupa, e assim contribuo com outras pessoas.
    Mais sei que é complicado viver de forma minimalista.. quem sabe um dia eu consiga! :D Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Schwartz, aos poucos vamos colocando nossas metas pessoais no lugar certo. O importante é não desistir...
      Obrigada pela visita e pelo comentário. Volte sempre!
      =*

      Excluir
  4. Adorei o post. Vou adotar algumas ficas como a as cutículas e usar apenas uma bolsa. Faço o project333 mas ainda estou em andamento, só reduzi as roupas heuh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O importante é ter os objetivos claros. Está conseguindo se dar bem no projeto333?
      Obrigada pela visita!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Mude alguns hábitos para ser minimalista

Um desabafo sobre os excessos

A história do Minimalismo