Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2013

Consumo, cadê você?

Imagem
Senhoras e senhores venho por meio deste post, informar que finalmente aconteceu o que tanto esperava por esses anos, perdi a vontade de comprar. Ainda acho as coisas lindas nas vitrines, desejo outras, mas não consigo mais pensar em consumir apenas por consumir. Faz três semanas que a tal “vontade” passou. A prova de tudo isso é que precisei comprar um vestido para um compromisso importante no qual não teria nada que atendesse em casa e lá fui eu andar horas e horas no shopping. Nada em absoluto me atendia, ainda por cima eu sempre me perguntava: “preciso MESMO disso?” e a resposta era sempre não. No final das contas, saí de lá com nada nas mãos. Nadinha...

O pior – o melhor, né? É que isso não aconteceu somente uma ou duas e sim, váááárias vezes. Precisei ir ao mercado comprar coisas para minha casa e acabei saindo de lá com quase nada. Porque nada me atendia, tudo era substituído por algo que já tinha em casa, o que comprei, era o que realmente precisávamos! Uma coisa de outro mun…

Bolsa Grande: o fim!

Imagem
Neste final de semana percebi uma grande e maravilhosa mudança na minha vida. Sou daquelas que sempre andou com a maior bolsa do mundo. Quando eu fazia graduação, saia cedo de casa e só voltava super tarde da noite, passava o dia na faculdade e no estágio. A coisa era tão feia, que andava com um mundo inteiro dentro da bolsa: carteira, casaco, sombrinha, livros, cadernos, canetas, material escolar, material de higiene, lanche e as vezes ainda tinha câmera fotográfica e notebook. Portanto, imaginem o tamanho (e o peso) da bolsa? Isso aconteceu durante todos os anos da graduação e continuou quando cursei a pós. Bem, passaram-se os anos e o costume de carregar a casa nas costas permaneceu. Eu sempre queria entender como aquelas pessoas tão desapegadas conseguiam andar com apenas uma bolsinha básica para o trabalho.

Confesso que tive aquela pontinha de inveja das bolsinhas micro dazamiga. Mas lá estava eu, como uma tartaruga, carregando minha casa junto de mim diariamente. Eu sou daquela…

Esfriou e agora? 10 dicas práticas para ajudar a evitar crises alérgicas

Imagem
O friozinho começou (pelo menos por aqui) e, junto dele, as crises alérgicas, as gripes e resfriados que sempre batem na nossa porta por causa da  mudança de temperatura e tudo que acompanha essa época. Que tal minimizarmos os problemas tomando atitudes simples? Tire os cobertores do armário alguns dias antes de usar. Deixe-os no sol. Eu moro em um apartamento e não tenho onde estender os cobertores, então, deixo-os na minha cama e na cama do quarto do caos para tomar aquele solzinho amigo. Isso ajuda a mandar alguns ácaros embora e a tirar aquele cheirinho de guardado que sempre fica!Faça a mesma coisa com casacos. Retire-os do armário e pendure onde o sol bate. Como são menores que os cobertores, fica mais fácil para tirar proveito do quentinho do sol da manhã, por exemplo.Aproveite o embalo e vire o seu colchão quando for trocar a roupa de cama. Eu, às vezes, passo aspirador de pó, tipo uma vez por mês... Mas faço isso porque tenho um gato, e ajuda bem!Deixe os travesseiros no sol …

Reflexão

Imagem

Duas calças...

Imagem
Sempre faço grandes limpezas nas minhas roupas, separo uma a uma e avalio quase que a cada bimestre a necessidade de ter cada uma delas. Sempre acabo separando uma ou duas sacolas de roupas e /ou objetos para doação. Comecei este post falando a respeito disso pois há duas semanas fiz mais um daqueles declutters avassaladores. Lá se foram dois sacos gigantes de doações e já sei que em breve mais um irá junto. Em meio a tudo isso, deixei separado apenas três calças para poder trabalhar: duas mais clássicas e uma menos tradicional – uma pantalona.  
Acontece que estava eu, usando uma das calças na semana passada para trabalhar quando ela simplesmente rasgou. Rasgou assim, sem dar aviso prévio: “Creeeeeccc”. Corri pro banheiro do trabalho para avaliar a situação e aguentei o resto do dia, visto que a coisa não estava muito feia. Em outro momento da minha vida, teria corrido no shopping e comprado outra calça na hora, mas não fui porque não precisava! No dia seguinte, lá estava eu com a se…