Postagens

Mostrando postagens de Março, 2012

Organize-se em cinco minutos

Imagem
Falta tempo. Quantas vezes já não usamos essa desculpa para não arrumar a bagunça que tomou o closet, as gavetas do escritório, o quarto dos brinquedos das crianças?


Simplifique a vida! "Na próxima vez em que se queixar porque não tem tempo para organizar-se, pare. Todos nós temos tempo. A maneira como o usamos é que depende de cada um", polemiza Donna Smallin, em seu livro Organize-se num Minuto(Editora Gente). Ela garante que em 15 minutos, por exemplo, você pode arrumar a gaveta das meias ou limpar a bancada da cozinha. Em 10 minutos é possível dar um jeito na sapateira e, em 5, você consegue recolher cinco objetos que estão fora de lugar. Em seu livro, ela dá centenas de dicas de como organizar sua vida e, mais importante ainda, de como mantê-la organizada após a mudança. Veja algumas e mãos à obra!
Primeiro Passo
Seja realista com relação ao que você pode ou não fazer. Não é possível organizar a casa toda da noite para o dia. Mas é perfeitamente possível arrumar uma gavet…

Dica de leitura: Everett Bogue

Imagem
Este é o blog do Everett Bogue, um fotógrafo que vive com a filosofia do minimalismo e tem muitas e boas lições para o nosso aprendizado. Clica aqui e dê uma passadinha lá!

Boa aparência e minimalismo

Imagem
É de fato importante termos uma aparência compatível com nossa profissão, ou ainda com situações sociais diversas. Um casamento pede um traje mais arrumado que uma tarde no cinema com os amigos ou ainda, um dia de trabalho pede uma vestimenta diferente de uma escolhida para uma ida a um sítio ou clube. Essa adaptação é necessária para nossa convivência com diversas ocasiões e grupos sociais. Mas onde quero chegar com isso? É importante compreender que a o minimalismo também pode ser utilizado, e bem, para nossa aparência diária. Não é por que você é adepto do minimalismo que precisa sair de casa todos os dias de calça jeans e camiseta básica. Uma maquiagem clean, com tons neutros pode fazer muita diferença comparada a uma mais forte e pesada.
O uso dos acessórios também são importantes: o exagero pode ser fatal em diversas ocasiões. Eu, particularmente possuo poucos brincos e pulseiras, já que sou alérgica e preciso usar algumas peças de materiais específicos por conta disso. Isso co…

Feliz Dia das MultiMulheres

Imagem
Como sobreviver acordando cedo colocando a roupa para lavar, o banho rápido a maquiagem. Toma-se um café ligeiro. Escolhe a melhor roupa, a mais confortável, a mais interessante e adequada. A casa é arrumada daquele jeito. Só uma passadinha de vassoura, uma ajeitadinha aqui e ali. Os pratos e copos espalhados na pia são colocados facilmente na lava-louças ao mesmo tempo que se dá uma mordida em uma fruta. Em seguida é importante conferir a comidinha e água do bichinho de estimação. Tudo isso acontece enquanto a TV fica ligada no jornal da manhã e as notícias correm e ela escuta com atenção para ficar antenada. Ufa. Chegou a hora de escovar os dentes e finalizar a make. Corre, corre. Este é só o começo de um dia comum, mais um dia na vida de uma mulher qualquer. Não qualquer mulher. Uma mulher como você e eu.



Para isso, por isso e para sempre, Feliz dia das Mulheres!
Para todas aquelas que são muitas e uma só. Diariamente.

O que é o minimalismo?

Imagem
Confesso que os excessos tem me incomodado. Chegar a um lugar cheio de coisas tem me deixado irritada e pouco a vontade.  Sabendo que o princípio do minimalismo é “identificar o essencial e eliminar o resto” acho justo ter o essencial. É claro que este essencial pode variar entre os indivíduos, mas certamente vale a reflexão. Alguns se precisam de dois pares de sapato apenas, outros precisam de mais. Alguns necessitam de dezenas de calças, outros conseguem viver com três ou quatro. Por isso o essencial é relativo. No meu caso, sei que do jeito que está não pode continuar. Os excessos tem me prejudicado muito além de me incomodar bastante e para que tudo chegue ao seu lugar estou buscando por uma melhoria no estilo de vida. Não quero seguir a risca métodos, estilos, formatos fechados. Quero usar meu instinto e bom senso, mas deixo algumas ideias a que encontrei na web a respeito do, para mim, novo mundo que estou adentrando.
Eu adoro o blog “The Busy Woman and the Stripy Cat”, da Rita…

Começando a praticar

Imagem
Resolvi aprender a desapegar. Começou assim, em casa quando morava com a minha mãe em um apartamento pequeno e tinha somente o meu guarda roupa para deixar minhas coisas, comecei a entrar em pânico. Nada cabia mais. Uma coleção de bolsas chegou ao assombroso número de 43 peças e um dia resolvi começar a doar. Foi dolorido na primeira vez, mas depois virou rotina. Eu que achava que tinha muita coisa, me deparava com closets obscenos nas revistas de moda e me achava uma perdedora. Por dezenas de vezes precisei trocar minhas roupas quase todas. Ora por ter emagrecido, ora por achar que aquele estilo não cabia mais a mim, ora por ouvir do namorado que eu precisava me arrumar mais ou por dar uma enlouquecida em alguma liquidação. Então tudo foi feito. Comecei com o um guarda roupa grande, de três portas, alto e que me satisfazia. Outro momento resolvi ter um menor. Uma porta a menos me atenderia. Foi aí que o problema começou. Desde então tenho buscado por opções que me proporcionem espaç…